1O capítulo de terça-feira, 9, de ” A Força do Querer” – trama das 21h da Globo – mexeu com os internautas. Em uma das cenas, Nonato (Silvero Pereira) conversa com uma amiga e conta que foi rejeitado pela família e expulso de casa pelo irmão por ser travesti.

Na internet, os telespectadores se mostraram comovidos com a história. “Mais que na hora da representatividade trans no horário nobre da TV brasileira”, disse uma. “Que história a do Nonato. Adorando as explicações sobre travesti e transexual”, falou outra. “Sensibilidade extrema. Lindo”, disse mais um.

Na novela, durante diálogo, a amiga primeiro pergunta quando ele se descobriu gay. “Essas coisas não se descobrem, a gente já nasce sabendo. E eu nasci. O problema é que minha mãe não quis aceitar. Minha família nunca quis enxergar”, explica. “É muito difícil ser diferente, a gente não quer ser diferente. Eu sempre admirei as mulheres, fui sentindo essa mulher dentro de mim e fui criando ela, interpretando, querendo me montar, me vestir. É que eu não quero me operar, entende? Não sou mulher, não sou transexual, sou travesti, transformista”, diz.

“A Força do Querer” também aborda a diversidade através da personagem Ivana (Carol Duarte), jovem que se olha no espelho e não se reconhece em seu próprio corpo.  Ao longo dos próximos capítulos é esperado que ela se descubra transexual.

Em um flasblack, ele relembra do momento em que foi flagrado no palco travestido como Elis Miranda – personagem que ele assume quando está como mulher – e da agressão que sofreu do irmão. “O Elson me alcançou, me quebrou toda de pancada. Eu lembro até hoje e ainda dói”, diz.

Com informações do site UOL

Me siga no Twitter: @beraldotv
Me siga no Instagram: @beraldotv
Curta uma página do Portal 4 no Facebook, clique aqui

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here