Publicidade

Bastidores da TV

Tônia Carrero morre aos 95 anos

on

20180304024723_26500599Um dos ícones da televisão brasileira, a atriz Tônia Carrero morreu na noite desse sábado (3/3), no Rio de Janeiro. A artista de 95 anos faleceu por volta das 22h15, quando passava por uma cirurgia em uma clínica particular na Gávea, na Zona Sul. Segundo familiares da atriz, ao site G1, ela não resistiu à uma parada cardíaca durante o procedimento. Ainda não se sabe onde será o velório.
Tônia já estava com a saúde debilitada, sofria de hiodrocefalia oculta, que é o excesso de líquido no cérebro o que a fez viver reclusa desde 2013. Os primeiros sintomas da doença começaram em 1999. Ela tinha sido internada na sexta (2/3) com uma úlcera no sacro e morreu durante procedimento médico, afirmou a neta da atriz Luísa Thiré, à GloboNews.
Maria Antonietta Portocarrero Thedim no Rio de Janeiro em 23 de agosto de 1922. Logo foi apelidada de Mariinha por seus pais, irmãos e amigos. Enquanto o pai, que alcançou a patente de general, e seus irmão seguiram a carreira militar, a atriz contrariou toda a família para se tornar Tônia Carrero. Ao completar 80 anos, Tônia contou parte de sua vida no palco, no solo Amigas para Sempre, dirigido pelo gaúcho Luiz Arthur Nunes, autor do roteiro criado a partir de entrevistas .
Aos 14 anos, ela conheceu o artista plástico Carlos Arthur Thiré com quem se casaria três anos depois e teria seu único filho, o ator Cecil Thiré. Além do filho, ela deixa 3 netos.
Tônia Carrero foi uma das atrizes mais reconhecidas da segunda metade do século 20. Interpretou diversos personagens no Grande Teatro Tupi, de1952 a 1960. A primeira novela que participou foi Sangue do meu sangue, de 1969, na extinta TV Excelsior. Tônia viveu ainda Stella Fraga Simpson em Água Viva, de 1980, de Sassaricando (1987), dentre outras. O último papel da artista na televisão foi a Madame Berthe Legrand, na novela Senhora do Destino, em 2004.
Tônia Carrero atuou em mais de 50 peças no teatro, em 64 anos de carreira.  Também participou de 19 filmes e 15 novelas. Estreou nos palcos em 1949, acompanhada do ator Paulo Autran, na peça Um Deus dormiu lá em casa. Sua última aparição pública aconteceu em abril de 2011, quando foi ver uma peça estrelada pelo filho.
Me siga no Twitter: @beraldotv  Me siga no Instagram: @beraldotv  Curta uma página do Portal do Beraldo no Facebook, clique aqui

Recommended for you

1 Comment

  1. Anônimo

    Março 10, 2018 at 12:49 am

    Empresas do ramo de bebidas, papel e celulose, inclusive, fizeram o que o governador Geraldo Alckmin não fez: enxergaram uma possível estiagem, aliada à falta de planejamento, e, desde o ano passado, vêm se preparando para não sofrerem com os prejuízos da seca. A Coca-Cola e a Ambev, por   Torre é construída na Amazônia para estudar a região Publicado em A floresta tropical da Amazônia vai ganhar, ainda este ano, uma torre de 325 metros de altura para observação de mudanças climáticas na região.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *