rian-brito-reprodução-620x465O laudo da necropsia realizada no corpo do neto de Chico Anysio, Rian Brito, encontrado nesta quinta-feira (03) em estado avançado de decomposição na praia de Flecheiras, em Quissamã, no Rio de Janeiro, confirmou as suspeitas da polícia de que o rapaz teria sido vítima de asfixia por afogamento.

Durante coletiva realizada na manhã desta sexta-feira (04), a delegada Ellen Souto, da Delegacia de Descoberta de Paradeiros (DDPA), deu detalhes sobre as investigações. “Tudo indica que o Rian entrou no mar e se afogou. Ele estava jejuando em um local quente e talvez não estivesse nutrido o suficiente para aguentar um mar daquele. Uma fatalidade levou ao afogamento”, afirmou.

A cremação do corpo de Rian que aconteceria nesta sexta-feira (04) foi adiada. Funcionários do crematório  disseram em entrevista ao jornal “O Globo” que o processo só poderá ocorrer após a liberação da justiça, por meio de um alvará. A cerimônia está marcada para este sábado (05), no Cemitério São Francisco Xavier, no Rio de Janeiro, mesmo local onde Chico Anysio foi cremado em 2012.

Me siga no Twitter: @sigaberaldo