A TV Escola estreou nesta sexta (28), seu primeiro reality show, o “SuperMerendeiras”. Apresentado pelo ator Eri Johnson, o programa vai acompanhar uma competição entre merendeiras de escolas municipais e estaduais de várias regiões do Brasil.

A atração terá 13 episódios semanais e promoverá desafios com aquilo que as merendeiras fazem de melhor: produzir receitas criativas, saborosas e saudáveis, tudo isso com muita emoção.
As provas propostas no programa serão todas com base nos eixos centrais da alimentação escolar, que são o crescimento e o desenvolvimento biopsicossocial a aprendizagem, o rendimento escolar e a formação de hábitos saudáveis dos alunos, por meio de ações de educação alimentar e nutricional e da oferta de refeições que cubram as suas necessidades nutricionais durante o período em que permanecem na escola.

Para a disputa, foram escolhidas as 10 melhores merendeiras, entre cinco mil inscritas, de locais como Goiás, Mato Grosso, Bahia, Pernambuco, Minas Gerais, Pará, Espírito Santo e Rio Grande do Sul. O grupo selecionado pelo programa reúne cinco merendeiras vencedoras do concurso ‘Melhores Receitas da Alimentação Escolar’, promovido pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) em 2015, e mais cinco vencedoras do mesmo concurso de 2016. “Isso para nós já é uma vitória: estar aqui, ser valorizada no dia a dia do trabalho, onde a gente está preparando alimentação para crianças, que muitas não têm nada em casa”, conta Maria de Lourdes, de Matelândia (PR), uma das selecionadas.

As receitas das provas serão avaliadas por três jurados, sendo dois especialistas em alimentação e educação, e um aluno do Ensino Médio de uma escola no Rio de Janeiro. São eles: A nutricionista Nathalia Silva Raposo Barreiros, mestre em Ciências da Saúde pela ENSP/Fiocruz, e responsável técnica pelo Programa Nacional da Alimentação Escolar (PNAE) no município de Petrópolis/RJ; o chef de cozinha André Luiz da Silva, especialista em nutrição funcional; e o aluno Milton Carlos Espindola da Silva, de apenas 19 anos, estudante da rede pública do município do Rio de Janeiro.

Os dois primeiros episódios apresentarão as participantes, suas histórias, e darão um panorama do Programa Nacional de Alimentação Escolar, que visa oferecer alimentação escolar e ações de educação alimentar a estudantes de toda as etapas da educação básica pública, matriculados em escolar públicas, filantrópicas e em entidades comunitárias (conveniadas com o poder público). Os programas seguintes mostrarão as provas eliminatórias, de forma que somente duas participantes chegarão à grande final, que acontece no dia 21 de dezembro. Os últimos dois episódios trarão um resumo de toda a competição. A merendeira vencedora ganhará o prêmio em dinheiro, assim como a segunda colocada.

“SuperMerendeiras” estreou nesta sexta-feira, dia 28 de setembro, às 21h na TV Escola.

Reprise: Sábado, 3h e 15h30 e no domingo 18h.

Avaliação: ótimo.